21 de maio de 2011

Brasileirão 2011 – Estatísticas

Postado por Fabio Ritter

O Guarda-Metas.com apresenta uma análise exclusiva dos goleiros participantes do Campeonato Brasileiro da Série A 2011.

A primeira tabela abaixo apresenta a lista completa dos goleiros, exibindo clube, data de nascimento, estado de origem, altura e idade.

O primeiro destaque abaixo analisa a altura dos goleiros. A média de altura aumentou 1 cm em relação a 2010 (passou de 1,89 para  1,90). Com a saída do veterano Harlei, que está disputando a Serie B com o Goiás, a altura mínima aumentou para 1,84. Três goleiros apresentaram esta altura: Márcio e Roberto, do Atlético Goianiense, e Bosco, do São Paulo. Raphael, do Palmeiras, foi novamente o mais alto, com 1,97m.

A distribuição de altura mostra que 1,88, com 14%, e 1,90, com 13%, foram as medidas mais registradas dentre os goleiros participantes do Brasileirão 2011.

A média de idade foi exatamente a mesma de 2010: 25,2 anos. Enquanto a idade mínima também foi a mesma (17 anos) a máxima aumentou 2 anos, já que Flávio do América está com 40 anos (completará 41 neste ano).

Na distribuição por idade, a maior parte dos goleiros, 13% ou 10 goleiros, apresentou 21 anos.

A tabela abaixo mostra a média de altura e idade por clube. O Palmeiras foi o clube que mostrou a maior média de altura, 1,94m. Já o Avaí foi o clube com os goleiros mais novatos, com média de 20,3 anos. Por outro lado, o Fluminense com média de 30,2 foi o clube com os goleiros mais veteranos. Cabe ressaltar que estes clubes possuem apenas 2 goleiros cada listados em seus elencos oficiais. Certamente a presença de um ou dois goleiros a mais nestes elencos mudariam estas figuras.

Uma das novidades da análise deste ano exibe a distribuição dos goleiros por estado de origem. O gráfico e a tabela abaixo mostram que 39%, ou 30 goleiros, nasceram no estado de São Paulo, que assim se configurou como o maior celeiro de goleiros. Isto porque o estado do Paraná que aparece na segunda posição tem menos de 1/3 dos goleiros paulistas. O Paraná apresentou 12%, ou 9 goleiros, nascidos no estado.

Por fim, a melhor escola formadora de goleiros eleita pelo Guarda-Metas.com foi a do Palmeiras. O clube, que há mais de décadas conta apenas com goleiros formados no clube no posto de número 1, leva mais 5 goleiros fabricados em casa para o Brasileirão 2010. Destaque também para o rival Corinthians, que depois de anos, entra só com prata da casa no elenco de goleiros.