8 de julho de 2014

Jogo Psicológico de Tim Kurl

Postado por Fabio Ritter

Um blogoleiro sempre ligado no Guarda-Metas.com, o amigo Rodrigo Levenzon, nos indicou um interessante diagrama que saiu no site http://imgur.com/. Foi feita uma análise do jogo mental de Tim Kurl, da Holanda, nos pênaltis diante da Costa Rica.

Repare, que a exceção do primeiro pênalti, nos outros quatro o goleiro caminha, antes da cobrança, para o lado oposto de onde se joga. Ou seja, sele caminha para a direita, se joga para a direita e vice-versa. Ele deixa esse canto justamente aberto para aguçar a vontade de seu oponente de colocar a bola ali, haja visto que parece mais fácil. Veja abaixo:

Isso foi muito importante para Kurl defender duas cobranças. Como havia comentado, para mim o goleiro esperou todas as batidas, usando sua grande envergadura para buscar as bolas. No entanto, essa tática pode tê-lo ajudado a ter um canto em mente antes de pular, ganhando milésimos de segundo.