9 de setembro de 2009

Ceni armou barreira inversa

Postado por Fabio Ritter


Na partida do último final de semana entre Cruzeiro e São Paulo, o goleiro Rogério Ceni armou, logo aos 11 minutos do primeiro tempo, uma barreira inversa em chute de falta de Gilberto.

Repare no vídeo acima, que o goleiro colocou a barreira no seu poste esquerdo, ao invés de colocar no seu poste direito como costumeiramente os goleiros põem. Como já tinha falado aqui no blog, esta ferramenta permite ao goleiro posicionar-se melhor para o chute, além de aumentar o ângulo de visão do mesmo. Além disso, com a barreira inversa um número menor de jogadores é necessário para se tapar o ângulo do batedor.
Repare na falta de Gilberto que Ceni posiciona-se bem na bissetriz dos ângulos formados entre a bola e os postes. Assim ele consegue ter a visão completa do batedor e chegar tranquilamente para a defesa. Mesmo tentando adivinhar um chute, dando um leve passo a sua esquerda, o goleiro teve tempo de voltar e defender o chute na direita.
Recomendo a todos que queiram experimentar a barreira inversa, que comece aos poucos, nos treinamentos, ou em partidas menos importantes. Isto se deve principalmente ao fato dos companheiros de time ainda não estarem acostumados com isso. Assim, deve-se conversar bastante com os atletas que costumam ficar na barreira para seguir esta nova orientação. Vale a pena testar.