19 de fevereiro de 2015

Victor tem créditos

Postado por Fabio Ritter

Assim que vi o goleiro Victor, do Atlético Mineiro, engolir um frango diante do Colo Colo, pela Copa Bridgestone Libertadores, fui ao Twitter. Na repercussão do gol, era quase unânime a voz da torcida do Galo aliviando o goleiro da falha, dado o crédito que ele tem por sua história do clube. A primeira lembrança que vem a mente sempre é o pênalti diante do Tijuana, pelas oitavas de final da edição de 2013, quando o clube acabou por ser campeão.

Sob a nossa perspectiva, que analisa a posição de goleiro, temos de comentar o lance. Victor demorou muito para reagir nesta jogada. Repare que ele não se move durante toda a trajetória da bola. Apesar do chute ter sido forte, o goleiro não conseguiu se posicionar corretamente para praticar a defesa.

O chute foi de muito longe. Apesar do quique bem na frente do goleiro, na risca da pequena área, era uma bola bem defensável. Victor deveria ter se deslocado para a sua direita para ficar com o corpo atrás da bola. Demorou para reagir e se posicionar corretamente.