7 de maio de 2015

Giro x Alavanca – Mais um capítulo

Postado por Fabio Ritter

O preparador de goleiros Alex Oliveira preparou um vídeo para levantar mais uma vez argumentos sobre a discussão da alavanca como uma forma mais atual de técnica em relação ao giro.

Ele destacou a escola alemã, que nos anos 80-90 usava o giro. Isso pode ser visto no goleiro Andreas Köpke que executava o giro no melhor estilo brasileiro. Já os nomes atuais da mesma escola, Manuel Neuer e Marc Ter-Stegen, utilizam a alavanca.

A justificativa pela escola da alavanca é justamente a melhor execução da queda angulada, utilizando-se o pé do lado da queda, o que garante maior impulsão. No giro, isso fica muito difícil pois o corpo já cai para trás para se preparar para o giro.

Em termos de agilidade, o vídeo mostra que a alavanca não perde para o giro, pois o goleiro consegue chegar no mesmo lugar e no mesmo tempo que goleiros que usam o giro.

Veja abaixo e comente!