3 de junho de 2013

Goleiro inglês para brasileiro ver

Postado por Fabio Ritter

Quando morei na Inglaterra, entre 2009 e 2010, pude ver de perto, dos campos de várzea às mega arenas das equipes de elite, o problema do goleiro inglês. Famosos por usar meias pretas, os goleiros daquele país estavam estigmatizados como frangueiros. O peru de Robert Green, na estreia do English Team, na Copa de 2010, corroborou a teoria.

Passados 3 anos, o goleiro Joe Hart, do Manchester City, deu ontem, no Maracanã, provas ao povo brasileiro de que a teoria dos goleiros frangueiros de meia preta parece ter sido derrubada. Ainda em Agosto de 2010, eu já falava sobre ele aqui no Guarda-Metas.com. Destaquei o fato dele ter desbancado o então titular Shay Given com uma bela atuação na Premier League daquele ano.

No amistoso entre Brasil e Inglaterra, Hart jogou todo de verde e mostrou uma postura diferente dos seus antecessores. É firme, seguro e muito confiante. Passa isso para sua defesa, resto do time e, claro, torcedores. Além desses atributos, trata-se de um goleiro muito ágil e corajoso. Prova disso foi a sequência de três saídas pelo chão, aos 27 minutos do primeiro tempo, quando ele sai no 1 vs. 1 no estilo cruz parando o primeiro chute, mergulha no chão abafando o rebote e por fim ainda sai pela terceira vez tentando pegar a bola. Tudo isso em muito pouco tempo e com botes certeiros sem dar ângulo ao atacante. Sem falar na coragem de colocar a cara nos pés do atacante. Uma aula!

Hart é um goleiro de personalidade, porém discreto. Não faz estardalhaço em suas defesa, traço típico de seu povo. Com isso, consegue aliar frieza, seriedade e muita técnica. É um baita goleiro que muitos aqui tiveram o prazer de conhecer ao vivo ontem. É a Escola Inglesa tentando renascer das cinzas e chegar aos tempos de Gordon Banks novamente.

Veja os lances aqui: http://globotv.globo.com/globocom/amistosos-do-brasil/v/melhores-momentos-brasil-2-x-2-inglaterra-em-amistoso-da-selecao-brasileira/2610494/