22 de agosto de 2011

Recuperação da Carga de Jogos

Postado por Fabio Ritter

A temporada 2011 está na sua metade para a maioria dos goleiros, sejam eles amadores ou profissionais. Estar em forma nesta reta final que se inicia em setembro nem sempre é tarefa muito fácil. Lesões, cansaço e dores fazem esta parte final de temporada ser difícil de ser encarada.

Pensando nisso, resolvi adaptar a nossa posição uma série de dicas que o site Core Perfomance dá visando recuperação muscular de atletas de alta performance e amadores. As dicas são divididas em 5 categorias.

1 – Durma mais
Todos nós sabemos da importância do sono não apenas na recuperação muscular, mas sim no descanso do corpo e mente como um todo. Aquela regra batida de 8 horas de sono, apesar de difícil execução haja vista a correria do dia a dia, continua valendo. Estas horas de sono sagradas irão possibilitar não só o goleiro, mas ao indivíduo uma energia muito maior no dia seguinte.

2 – Alimente-se corretamente
A alimentação pós-treino e pós-jogo é de extrema importância, pois são nestes momentos que o corpo está aberto necessitando de nutrientes para se recompor. Prefira bebidas esportivas, como isotônicos e shakes, imediatamente após os exercícios. As refeições após estes trabalhos também são muito importantes e devem equilibrar carboidratos e proteínas.

3 – Reidrate-se
A água é um componente vital não apenas quando a sede bate após os treinamentos e jogos. Ela deve ser também consumida durante todos os dias. A cor da urina é um fácil indicador se o corpo está hidratado: ela deve ser clara.

4 – Massagem
Nem sempre possível para a maioria dos atletas, a massagem profissional faz parte do pacote ideal de recuperação, principalmente após jogos e competições desgastantes. Para aqueles que não dispõe do serviço, a auto massagem com bolinha de tênis são alternativas.

5 – Alongamento
O alongamento das fibras musculares após os exercícios já são o início do processo de recuperação. O que muitas vezes esquecemos é que tal procedimento também é aconselhado em dias de folga, com séries que visam recuperar as fibras.

Tais dicas devem ser levadas pelos goleiros para incluir na sua rotina e planejamento de treinamentos. Isso vale também para os goleiros amadores, que talvez sejam os que mais sofram com as dores e lesões.